Como faz muito tempo que não posto nada (e já recebi reclamções), resolvi escrever um post com as atualizações das minhas últimas atividades.

Fui em uma churrascaria brasileira!

A ideia inicial era todo mundo da empresa ir comer pizza junto em algum lugar. Mas parece que a ideia não agradou muita gente.
Até que meu chefe disse: Ouvi falar que tem um restaurante que serve churrasco brasileiro, porque a gente não vai lá?

Adorei a ideia!! Mas confesso que esperava um restaurantezinho feio, servindo carne ruim no espeto.

Procuramos o endereço e saimos em busca da churrascaria!

Primeira boa impressão: o restaurante fica dentro de um hotel cinco estrelas.
Segunda boa impressão: dá pra sentir o cheiro de churrascaria de fora do restaurante.
Terceira boa impressão: garçonetes vestidas de verde e amarelo.

Pronto!! Já me senti em casa e abri aquele sorrisão.
Sentamos em uma mesa e fiquei de frente pra uma televisão. Detalhe importante: tava passando, com o som ligado, clipes de shows da Cláudia Leite, Ivete Sangalo, Zeca Pagodinho, Natiruts e outros.
Ah que incrível!! O ruim é que ninguém perto de mim conhecia e ninguém sabia cantar as músicas.

Mesmo se a comida fosse ruim eu já estava mais feliz! Mas pra minha surpresa, a comida era boa e tudo lembrava as churrascarias no Brasil: balcão com salada (e comida japonesa!), carnes servidas no espeto (coraçãozinho, frango, linguiça, picanha e outras carnes que não sei o nome mas que estava uma delícia!) e abacaxi com canela! Além disso tinha uma parte com vários tipos de sobremesas (o que é raro por aqui!)

Claro que tinha um pouco da China ali também: balcão com pratos chineses, os garçons não são frequentes e algumas carnes são diferentes, mas nada disso atrapalhou a comilança. Comi desesperadamente e muito!


Esse dia minha felicidade custou uns 150 yuan ou 40 reais (comida a vontade + vinho), e quem pagou tudo foi meu chefe. Nem tenho palavras pra agradecer.
Com certeza tenho que voltar lá mais vezes!!

Fui comer pizza pela primeira vez na China!

Um colega da empresa que me convidou pra ir comer pizza no almoço com ele. Era um restaurantezinho chinês, escondido no centro da cidade, bem arrumadinho e bem decorado. A pizza é parecida com a aquelas da Pizza Hut, mas é menor, por isso pedimos 3 sabores diferentes. Também pedimos uma salada de frutas, mas o estranho é que eles colocam maionese por cima (como se fosse um molho que combina com frutas).
Foi um almoço bem mais caro que o normal (ficou uns 50 yuan pra cada um e eu geralmente almoço com 10 yuan). Mas como eu era convidada quem pagou foi meu amigo.

Fiquei 2 horas passeando em um supermercado!

Eu já falei que os supermercados aqui são super divertidos né? Adoro ficar passeando pra ver o que eles vendem e como fazem isso. É bem parecido e bem diferente ao mesmo tempo, infelizmente não dá pra descrever. Eu aconselho que venham aqui pra conhecer!
A coisa mais dificil de achar foi o desodorante e paguei quase 40yuan em um Rexona. É caro quando comparado com outros produtos aqui (não faça conversões!), mas é um item indispensável (para os ocidentais)!
Tinha muita coisa importada e todas são bem mais caras: queijo, chocolate, molho de macarrão, algumas bolachas…
Na parte de carnes achei de tudo, inclusive peixes e tartarugas em aquários!

Comecei a ter aulas de mandarim!

Conheci uma chinesa formada em “ensinar chinês para estrangeiros”.
Tenho aula toda terça após o trabalho dentro de um KFC que fica no Carrefour daqui. Apesar de estranho é um bom lugar pra ter aula.
Dizem que estou pagando muito caro, 45 yuan por hora, mas gostei dela e acho que vou aprender muita coisa (eu espero).

Estou fazendo exercícios físicos!

Duas ou três vezes por semana acordo as 5:45 da manhã pra caminhar e correr das 6 às 7 ao redor do rio perto da minha casa.
Nunca fiz isso no Brasil, mas como eu não durmo tão bem aqui como eu dormia antes, resolvi fazer um exercício físico pra cansar o corpo. Me sinto bem melhor nos dias que me exercito.
Além de ser um horário bom porque o sol não está forte, de manhazinha muita gente sai pra fazer exercícios: uns fazem taichichuan, outros andam pra trás, outros ficam dando tapinhas no corpo, mas também tem aqueles que só caminham e correm. Porém, sou uma das poucas pessoas com roupa de ginástica e tênis. Muita gente usa roupas normais: calça social, camisa, sapato.

O resto continua do mesmo jeito, trabalhando, saindo com os gringos, descansando, vendo filmes, …